Em dezembro, uma empresa brasileira conquistou o registro no Inmetro de uma telha inovadora de fibrocimento que produz energia solar, 100% limpa.

Batizada de “Eternit Solar”, a telha fotovoltaica passou em todos os testes do Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo.

As telhas serão fabricadas na Universidade de Santa Catarina (UFSC) e na unidade fabril de Atibaia, em São Paulo.

“Trata-se de uma tecnologia revolucionária que é parte de nossa estratégia de democratizar o acesso à energia solar a partir de fontes renováveis. Nossa expectativa é de que o novo produto alcance o alto potencial de mercado pois tem compatibilidade com as telhas tradicionais de fibrocimento”, afirma Luís Augusto Barbosa, presidente da Eternit.

O produto tem sido desenvolvido desde 2020, passando por sucessivos processos de adequação afim de incorporar as células fotovoltaicas.

“É importante ressaltar que o peso da telha permanece praticamente o mesmo, permitindo instalação em estruturas pré-existentes, sem necessidade de modificações no telhado”, complementa Luiz Lopes, gerente de Desenvolvimento de Novos Negócios da Eternit.

Leia também: 5 plantas que vão causar uma explosão de energia positiva em sua casa

Como resultado, o produto gera mais energia do que o esperado.

“Com essa potência, 4 a 6 telhas já podem atender às necessidades de uma casa pequena. O restante da cobertura, portanto, pode ser composto de telhas de fibrocimento”, garantiu Luiz Lopes.

Leia também: Garçonete que caminhava 4 horas para ir e voltar do trabalho recebe carro novo de casal generoso

Fonte: Portal Solar

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS