Funcionários do aeroporto das Ilhas Maurício, no Oceano Índico, encontraram um bebê recém-nascido abandonado em uma lata de lixo do banheiro de um avião.

Uma mulher de 20 anos de idade, de Madagascar, suspeita de ter dado à luz no voo, foi presa.

O avião da Air Mauritius, que chegou da ilha africana, aterrissou no Aeroporto Internacional Sir Seewoosagur Ramgoolam no dia 1 de Janeiro.

Leia também: Família de SP adota cachorrinha abandonada com pedido de desculpas em bilhete

Os oficiais do aeroporto fizeram a descoberta quando examinaram o avião para uma verificação alfandegária de rotina.

Eles levaram o bebê às pressas para um hospital público para tratamento.

A mulher suspeita de ser mãe da criança, que inicialmente negou que o menino fosse seu, foi submetida a um exame médico que confirmou que ela havia acabado de dar à luz.

Ela foi colocada sob vigilância policial no hospital. Diz-se que ela e o bebê estão bem.

A mulher malgaxe, que chegou às Ilhas Maurício com uma autorização de trabalho de dois anos, será interrogada após sua alta do hospital e acusada de abandonar um recém-nascido.

Leia também: Gêmeos nascem em dias, meses e anos diferentes nos EUA: ‘1 chance em 2 milhões

Fonte: Crescer

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS