Na quarta-feira passada (23), a gaúcha Alexia Paim, de Pinhal da Serra (RS), fez uma publicação em um grupo no Facebook onde conta a história de adoção de seu gatinho.

Alexia e o marido, Fernando Neves, são caminhoneiros da região que salvaram a vida de um filhote em perigo próximo à estrada.

Em cada viagem, o casal faz paradas para descansarem. Entretanto, a última não saiu conforme o planejado, pois tiveram que mudar a rota para o posto Décio, em Campina Verde, Minas Gerais (MG).

Leia também: Trigêmeas de 35 anos engravidam ao mesmo tempo nos EUA: ‘Oportunidade para sermos mais unidas’

Lá, encontraram o membro inesperado da família. Alexia conta que desceu do caminhão para preparar o jantar na cozinha anexada ao caminhão quando ouviu um miado. O grito desesperado e insistente chamou-lhe a atenção, então comunicou ao seu marido.

Curioso, Fernando não perdeu tempo e foi para o pátio do estacionamento procurar pelo paradeiro do filhote. Ele estava todo encolhido em cima do pneu de um caminhão, com medo.

“[..] Eu fiquei na cozinha fazendo a janta daí eu fui ver onde meu esposo estava e encontrei ele vindo com gatinho nas mãos”, escreveu Alexia no post.

Leia também: Baby, a filhote de onça-pintada que parece uma mini-pantera negra nascida em santuário na Inglaterra

O filhote tinha mais três irmãos que infelizmente foram atropelados. O homem, entristecido com a situação, perguntou à esposa se ela o queria. Ela aceitou acolhê-lo sem qualquer dúvida.

“[…] Ontem, dei um banho porque ele estava muito sujo, com pulgas e carrapatos, e dei leite para ele […]”, completou.

O gatinho tomou um bom banho, foi alimentado e batizado. Ele não poderia ter encontrado pessoas melhores para o resgatarem.

No dia seguinte, a próxima parada do casal foi em um pet shop, na cidade de Arcos (MG), para comprar os suprimentos necessários para uma estadia confortável do felino no caminhão.

Desde então, o veículo passou a comportar um terceiro integrante da equipe, o Mal Criado, mesmo nome que o rapaz deu ao veículo. Enfim, a família está completa para percorrer Brasil à fora.

“[…] Ele vai viajar como nós, morar dentro do caminhão como nós” e finaliza: “ele vai ter comida, cama quentinha e muito amor”.

O post da gaúcha comoveu milhares de internautas, que também vibraram com a história: “Massa, ainda há esperança na humanidade, existem pessoas boas”, disse um; “Parabéns casal cheio de amor. Que Deus proteja vocês por onde andarem com esse anjo”, comentou outra; “Que lindo”, elogiou uma terceira.

Fonte: Brasil do Trecho

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS