Na segunda-feira passada (14), o Ministério da Saúde de Israel anunciou oficialmente o fim da obrigação do uso de máscaras em locais públicos fechados, para a alegria da população.

“Vou contar a algo a vocês. Escutem: tirem as máscaras! A partir de hoje, não as usaremos mais em aula!”, comemorou uma professora à sua turma.

Em um vídeo que viralizou nas redes sociais, ela mostra a reação festiva dos alunos, que pulam de alegria, rasgam os elásticos e o tecido das máscaras, fazendo fila para jogar os EPIs na lixeira.

Leia também: Moradora de Buenos Aires encontra cachorrinha aquecendo bebê abandonado em sua ninhada

A decisão do Ministério da Saúde foi tomada após quase 60% da população receber as duas doses da vacina contra a Covid-19. É uma das maiores coberturas de imunização do mundo — no Brasil, por exemplo, o índice era de 11,26% nesta terça, segundo o balanço do consórcio de veículos de imprensa (cinco vezes menos).

A nação de maioria judaica começou uma campanha maciça de vacinação no fim de dezembro de 2020, por meio de um acordo com a Pfizer.

Desde então, o laboratório entregou milhões de doses em troca de dados sobre os efeitos delas na transmissão da doença.

Leia também: Dono trabalha fim de semana inteiro para dar ao cachorrinho da namorada um quintal digno

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS