Durante a infância, as crianças se ocupam em brincar e se divertir com quase tudo ao seu redor, mas há quem não pense nos sentimentos dos outros e acaba magoando-os com comentários ridículos e até cruéis.

Desde muito cedo estamos acostumados a lutar contra problemas de autoestima por causa das coisas que nossos colegas costumam dizer sobre nós, se somos feios ou temos algum traço que eles acham engraçado, entre outras coisas. Uma situação muito difícil, especialmente para as meninas , porque elas crescem com a ideia de que devem ser bonitas aos olhos de todos, o que é uma ideia errada.

Embora existam pessoas que fazem a diferença com gestos simples mas cheios de amor.

Em uma escola em Pernambuco, uma menina não conseguiu conter as lágrimas de tristeza após ser intimidada por seus colegas de classe por considerá-la “feia”. Em nenhuma idade é agradável ouvir comentários irritantes dos outros, principalmente durante a infância porque machucam mais facilmente.

À medida que as crianças crescem, esses comentários negativos podem acompanhá-las por anos e continuar a afetá-las, por isso existem pessoas que se preocupam em ouvi-las e apoiá-las.

Leia também: Mulher que escreveu “A Lista de Schindler” e salvou a vida de 1.200 judeus falece aos 107 anos

Gabriella L. Lopes presenciou o exemplo de empatia que a secretária da escola teve com a menininha . A jovem contou ao Razões Para Acreditar que a funcionária deixou de fazer suas atividades para confortar a menina, organizando um “dia de beleza” para que ela se sentisse melhor.

A aluna sentou-se em uma das mesas da sala para que a senhora penteasse o cabelo e o alisasse com um ferro, e ao mesmo tempo a ouvia e dava conselhos para animá-la, além de deixar de prestar atenção ao comentários ofensivos.

“A secretária aqui da escola onde trabalho está dando um ‘dia de beleza’ para uma aluna que estava chorando porque se achava feia. Fora os conselhos, o carinho e o carinho que ele está demonstrando com a aluna”, detalhou Gabriella.

“Nossa escola está em uma comunidade carente e 99% dos alunos não têm condições favoráveis”, acrescentou.

A imagem da secretária cuidando da menina já acumulou mais de 16 mil “curtidas” e conquistou a admiração de usuários que apontaram “São essas atitudes que nos mantêm nesta terra desolada!”.

Enquanto outros expressaram mensagens de apoio à menina. “Você é linda querida, poucas pessoas percebem nossa verdadeira beleza “, foi uma delas no Instagram. A garotinha ficaria muito feliz em ver todo o amor que recebeu de tantas pessoas nas redes sociais e isso pode até mudar sua vida para melhor.

Leia também: Jovem paga a universidade da irmã com os lucros que teve no OnlyFans: “É tão estranho, mas obrigado”

Fonte: UPSOCL

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS