Um estudante de design desenvolveu um pequeno robô autônomo que visa converter solos arenosos e inabitáveis em paisagens verdejantes.

Equipado com painéis solares em sua traseira, o “A’seedbot” parecido com um filhote de foca carrega durante o dia e vagueia pelo terreno à noite.

Ao identificar áreas férteis, relata e planta sementes com base nos dados recebidos de seus sensores e sistema de navegação.

Leia também: Família de SP adota cachorrinha abandonada com pedido de desculpas em bilhete

“A desertificação é um problema enorme em todo o mundo, causado por práticas agrícolas insustentáveis, mineração, mudanças climáticas e uso excessivo da terra em geral. Mas, assim como a própria mudança climática, a desertificação é uma questão ecológica complexa que é difícil de entender”, disse Mazyar Etehadi em um post no Instagram.

Esse foi o ponto de partida do projeto: um drone autônomo que planta sementes no deserto.

A ‘seedbot é o projeto de graduação do designer no Instituto Dubai de Design e Inovação.

Suas pernas de hélice rastejam pela areia em busca dos níveis certos de umidade para plantar as sementes. Além do sensor de umidade do solo, o minúsculo robô possui um sensor de distância, enquanto envia relatórios ao usuário para dados estatísticos.

Como o designer mencionou, este conceito se dirige a diferentes públicos, de entidades governamentais a agricultores e indivíduos que respondem sobre diferentes tópicos, como questões climáticas ou agricultura.

Leia também: Gêmeos nascem em dias, meses e anos diferentes nos EUA: ‘1 chance em 2 milhões

Fonte: SNB

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS