Vanesa é uma modelo profissional e fisiculturista que ganhou o prêmio “Miss Fitness Bolívia “há alguns anos. Em suas redes sociais, ele costuma postar fotos em roupas íntimas ou esportivas apertadas – as mesmas que costuma utilizar para buscar o filho na escola.

Por vezes, ela recebeu críticas pelas roupas que utilizam. Algumas pessoas já tiraram fotos dela quando Vanesa foi à escola buscar o filho.

Recentemente, ela passou pela mesma situação embaraçosa novamente, com a diferença de que uma pessoa não só tirou uma foto dela sem o seu consentimento, mas também postou nas redes sociais, gerando uma calorosa discussão online.

Leia também: Convidada reclama de “prato vegano” em festa de casamento e post viraliza: ‘Só tinha rúcula e melão’

O episódio ocorreu em Santa Cruz, na Bolívia. Vanesa Medina foi buscar o filho de 10 anos em seu primeiro dia de aula e vestida com uma roupa rosa apertada, costas nuas. A imagem rapidamente se tornou viral e uma espécie de debate se formou.

Alguns saíram para defendê-la, outros a criticaram por sua maneira de se vestir: “inapropriada em um lugar para crianças”, disseram.

“Elas podem se vestir como quiserem, em outros lugares, não para ir a um centro educacional. Tem que ter um pouco de modéstia para as crianças”, comentou uma mulher sobre o episódio em particular.

Outra, na mesma linha, escreveu: “Roupas muito inadequadas para uma mãe e ainda mais se ela leva o filho para a escola, devemos saber diferenciar os lugares e o que vestir em cada ocasião. Não é muita ciência, é bom senso”.

Apesar dos comentários negativos, a fisiculturista teve tanto mulheres quanto homens a defendendod online: a maioria dos homens aludiu à inveja de outras mulheres em relação a ela: “As crianças não veem isso com maldade, são os olhos das mulheres que ficam cegos de inveja”, escreveu um homem que conseguiu quase 400 curtidas em seu comentário.

Em vez disso, as mulheres que a defenderam apontaram para o machismo que não permite que as mulheres se vistam como querem:

“Parece que ninguém tem o que fazer, só olhar os outros para criticar”, escreveu uma mulher. “Essa senhora deveria processar a pessoa que a filmou porque não respeitou sua privacidade ou a de seu filho, agora todos sabem quem é a criança e onde estuda, que se importam com como ele se veste ou não me parece desrespeitoso levar fotos sem autorização da pessoa”, acrescentou outro.

Leia também: Mãe deleta esposa do filho de suas próprias fotos de casamento em álbum de família

Fonte: Upsocl

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS