Por muitos anos, Margaret ia uma vez ao dia até uma plataforma do metrô de Londres na estação Embankment apenas para ouvir seu falecido marido lembrar os passageiros sobre o “vão entre o trem e a plataforma (Mind the Gap).

Mas Margaret McCollum ficou chateada em 2012 quando a voz de seu falecido marido Oswald Laurence foi removida da estação em favor de um anúncio digitalizado.

Então, ela pediu ao Transport for London para restabelecer sua voz – o que eles fizeram em 2013 e enviaram a ela uma gravação em CD – que ainda hoje é tocada na plataforma Northern Line.

A história veio à tona novamente na semana passada, depois que um post no Twitter sobre isso  se tornou viral, com 23.000 retuítes e 44.000 curtidas.

Leia também: Casas de madeira: o que nos esquecemos de ter em atenção?

Ao portal Daily Mail, a Dra. McCollum, que mora no norte de Londres, disse: “Ele nunca esteve muito longe na minha cabeça e no meu coração. E saber que eu poderia ir ouvir a voz dele foi simplesmente maravilhoso. Foi um grande conforto. Eu ia e sentava na plataforma”, disse.

‘(Eu) às vezes perdia alguns trens só para poder ouvir. Embora ele pudesse fazer sotaques, era sua voz natural – clara, precisa, autoritária. Seu anúncio não dizia ‘por favor’ – era perfeitamente minimalista. Então era isso que eu faria, até novembro de 2012, até que um dia, ouvi uma voz diferente”.

O anúncio foi ao ar pela primeira vez no final da década de 1950, mas poucos sabiam quem era Laurence ou como ele se parecia até que o Daily Mail localizou a Sra. McCollum em março de 2013.

Ela disse que costumava visitar a plataforma da Northern Line em Embankment para ouvir a voz de seu falecido marido, com quem esteve por 15 anos.

Mas quando o anúncio foi removido em novembro de 2012, ela escreveu para a empresa que administra o metrô pedindo uma gravação do anúncio, que eles enviaram pouco antes do Natal.

Antes de fazer a gravação, Laurence serviu no Exército e se juntou à Royal Academy of Dramatic Art aos 17 anos.

O ator teve papéis em filmes, incluindo a comédia de 1956 Three Men In A Boat, o filme de 1967 The Dirty Dozen e episódios de TV de The Saint, estrelado por Roger Moore.

Já a sra. McCollum, que passou 39 anos no serviço de saúde, viajava regularmente de metrô de sua casa, assim como seu futuro marido, mas eles não se encontraram até 1992.

Foi então que ela o encontrou no trem, saindo de trem, durante suas férias. “A voz dele era linda”, lembra.

Mais tarde, eles se tornaram parceiros e se casaram em 2003, depois de mais de 11 anos juntos, mas Laurence perdeu sua batalha contra problemas cardiovasculares de longo prazo em 2007.

Falando sobre seus últimos anos, McCollum disse em 2013, aos 65 anos: ‘Eu sempre soube que, mesmo quando ele se foi, eu poderia ouvi-lo sempre que quisesse.’

A TfL, que gerencia a estação, confirmou que o anúncio de Lawrence ainda é reproduzido em Embankment, embora a equipe da estação tenha dito que não via a visita de McCollum há alguns anos.

Leia também: Casal que descobriu câncer ao mesmo tempo se recupera após quimioterapia no mesmo hospital em Belém (PA)

Fonte: Upsocl

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS