A educação costuma ser um item muito importante na vida das pessoas. No entanto, em muitas ocasiões, é difícil se qualificar para a universidade, pois em vários países ela é frequentemente muito cara e inacessível para grande parte da população.

Isso obriga as pessoas a terem que trabalhar dobrado, seja intelectualmente, seja profissionalmente, para realizar a carreira dos sonhos.

Leia também: Cadela que era torturada por antigos donos é resgatada e agora oferece apoio emocional para crianças e idosos

Rubén Figueroa, um trabalhador de 37 anos de Jujuy, Argentina, conseguiu realizar seu sonho entre canteiros de obras e enormes guindastes. Isso porque, segundo informações do Infobae, ele conseguiu se formar na universidade e tornar-se advogado.

Mas para Rubén não foi uma tarefa fácil, pois para levar a cabo a carreira, ele teve que estudar e trabalhar ao mesmo tempo. É por isso que o homem se preparou para cada exame enquanto era operador de guindaste em uma indústria mineradora.

Na verdade, em muitas ocasiões ele teve que ler e estudar textos para a universidade enquanto trabalhava a quase 80 metros de altura. “Eu estudei em cima de guindastes por oito anos e consegui. Eu olho para trás e só posso sentir orgulho por nunca ter baixado os braços”, disse ele.

Houve um tempo em que o argentino estava prestes a desistir de seu sonho depois de perder o emprego. Até que inscreveu-se na Universidade de Córdoba mas não teve como pagar a mensalidade. “Minha esposa me convenceu a perseverar e buscar outro trabalho, jamais desanimar”, disse Rubén, que conseguiu bancar o curso meses depois até concluir os dez períodos de Direito.

Enquanto trabalhava na mineradora, Rubén pôde expôs seu TCC, intitulado “Defesa legítima na perspectiva de gênero”. “Eles finalmente me deram uma classificação de 8,77. Quando ouvi a nota, não pude acreditar”, relembrou.

Leia também: Mamãe ursa é ‘flagrada’ brincando com seu filhote em um parque infantil; veja o vídeo

Rubén conseguiu realizar seu sonho graças ao apoio de sua família e de sua empresa, que em nenhum momento se opôs aos seus estudos. Por meio de seu Facebook, ele divulgou a notícia e escreveu: “Me formei em Direito no meio de máquinas rodoviárias e de montagem, estudando em um guindaste”.

Embora ame o seu trabalho e queira continuar por mais algum tempo, o argentino quer começar a procurar emprego como advogado, por isso vai avaliar o seu futuro. “Eu vi isso inatingível, mas não, aqui estou. E vou buscar mais ”, concluiu Rubén.

Fonte: Infobae

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS