Os pais que um dia viveram em meio à realidade do campesinato nunca tiveram oportunidades tão boas quanto seus filhos. Por isso sonham em lhes dar uma vida plena, que nada lhes falte, visando tornar os filhos pessoas boas e plenamente realizadas.

Para eles, felicidade é vê-los crescer ao longo dos anos percebendo o bom trabalho que fizeram com relação à educação dos seus pequenos.

Sandro Lucio Nascimento (20), jovem do município de Caculé, na Bahia, é filho de um orgulhoso fazendeiro que se emocionou depois de descobrir que o menino começou a estudar medicina no campus Vitória da Conquista da Universidade Federal da Bahia.

Antes que seu pai pudesse descobrir por outra pessoa, Sandro lhe deu a boa notícia no campo onde ele trabalha para sustentar sua família.

O momento registrado em vídeo se tornou viral nas redes sociais e mídias locais. No vídeo podemos ver Sandro caminhando em direção aonde seu pai estava no imenso campo, enquanto a situação era narrada pela pessoa que gravava.


Leia também: 5 plantas que vão causar uma explosão de energia positiva em sua casa

Correndo para chegar mais rápido, Sandro encontra seu pai trabalhando e anuncia a novidade: foi aceito para cursar medicina. “Você merece” , seu pai respondeu segundos antes de se emocionar e ir às lágrimas.

“Deus é muito bom”, comentou o idoso.

O jovem tem como maior apoio seu pai, que é analfabeto, e que procura dar-lhe todas as oportunidades que não teve para que melhore sua vida através dos estudos.

“Eu não esperava que ele reagisse assim porque ele é uma pessoa muito forte. Acho que ele sempre acreditou em mim. Ele achava que seria difícil passar em Medicina, uma carreira competitiva para pessoas de origem humilde”, afirmou Sandro.

Antes da aprovação, Sandro era encarregado de cuidar de sua avó com problemas de saúde. “Ela tinha diabetes, pressão alta, então um dia injetei insulina nela e comecei a gostar daquele trabalho. Então eu disse ‘o que eu quero é fazer Medicina’” , contou.

O jovem já havia tentado em 2018 e 2019 , mas seus resultados nos exames não foram suficientes. Foram 4 anos se esforçando até a sonhada aprovação.

Assista ao vídeo:

Leia também: Ucranianos que fogem da guerra trazem seus animais em segurança (enquanto muitos os abandonam por motivos fúteis)

Fonte: UOL

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS