Algo que a sociedade deve levar em consideração em seu processo de desenvolvimento é a inclusão das minorias – e tornar suas vidas mais acessíveis.

Um professor de Kuala Lumpur, na Malásia, é um exemplo perfeito disso, após empreender uma iniciativa para fazer seus alunos com visão limitada a se adaptarem melhor à escola.

Leia também: Professora ajuda aluna com deficiência a dançar a valsa de formatura da escola

Cikgu Azam é um professor de educação especial que se popularizou nas redes sociais após compartilhar um vídeo em sua conta no TikTok mostrando uma espécie de veículo de apoio para uma aluna cega correr no pátio da escola.

“Muitos me perguntam sobre a versão inicial, é como um carrinho de supermercado. Mas Alisya está muito feliz dessa vez porque na primeira vez que correu teve que segurar o ombro da professora para usar a corda”, comentou Cikgu no post ao lado do vídeo.

Nas imagens é possível ver como a aluna fica dentro desse carrinho de metal, com o qual ela pode correr enquanto o professor a guia por trás, para que ela não esbarre em nada.

Em conversa com o jornal Malay Mail, o professor destacou que encontrou essa vocação em 2007, quando na escola em que trabalhava teve que preparar módulos de excursão e atividades para alunos com necessidades especiais . E é isso, acreditava que era importante fazer uma mudança porque não havia instalações para crianças com essas características .

Leia também: Papai faz “trenzinho” com tambores para passar com os filhos: ‘Só quero vê-los felizes’

Foi assim que foi educado, com diferentes leituras e terapias, para oferecer uma melhor experiência aos seus alunos . Finalmente, ele estudou para se tornar oficialmente um professor para alunos especiais .

“Outro desafio para mim é ver o potencial dos meus alunos que não enxergam por causa da baixa autoestima. É decepcionante ver que são crianças inteligentes , mas estão tão acostumadas com seu ambiente fechado que não querem conhecer o mundo exterior . Mesmo sendo cegos ou deficientes visuais, eles merecem explorar o mundo exterior ”, disse.

“Portanto, o desafio para mim é restaurar a confiança deles e, tendo atividades e interações externas, você pode ajudar a reconquistar a confiança deles “, acrescentou.

Quanto a este carrinho que foi pensado para alunos com visão limitada , ele disse “preciso da vela e para isso coloco as mãos no ombro e corro com eles. Eu vi um dos alunos empurrando um carrinho dobrável e de repente a ideia me ocorreu ”.

Assista ao vídeo:

Fonte: Upsocl

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS